LIDA RACIONAL: MAIS SEGURANÇA PARA O SEU REBANHO

Pensar em lida racional envolve segurança para praticar uma lida mais gentil, de uma forma mais coordenada, que evite acidentes tanto para os animais quanto para os profissionais durante o manejo.


Quando os animais se sentem seguros e confortáveis no curral eles não tentam agredir os profissionais envolvidos na lida, uma vez que animais como o Nelore só agridem quando sentem medo ou provocados.


O médico veterinário da Currais Itabira, Eduardo Vargas, lembra que “a agressão de um animal por medo, é sinal que ele se sente desconfortável, inseguro e com isso acaba atacando alguém para evitar que ele seja atacado”.


O animal quando tratado em uma lida convencional acostuma-se a tomar algum tipo de pancada, lesão, injúria e esse comportamento tende a ser mais reativo podendo levá-lo a atacar os manejadores. Geralmente, este tipo de comportamento acontece por instinto de defesa e não porque ele de fato quer atacar alguém.


A partir das experiências de lida gentil, busca-se cada vez mais a conscientização de manejadores e melhorias nas estruturas de currais anti stress, que foram desenvolvidos a partir dos estudos do comportamento animal.


Os currais anti stress fabricados em concreto protendido e adensável geram benefícios como segurança, durabilidade, estabilidade nas peças, resistência e fácil montagem. Promovem a otimização do manejo, reduzindo o tempo de permanência no curral e evitando que o animal perca peso durante a lida.